buquê de flores vivas // 2020

fotografias 40x60  // vídeos-curta

filme-documentário

Dois anos depois, com um retorno a um lugar de encontros, tradição e familia, surge uma resposta ao trabalho “buque de galhos secos”. Recortando processos, transmutando dores, e constituindo fins e passagens como bagagens e arquivos de vida, a caminhada e colheita de flores que agora vivem e respiram no mundo, simboliza um processo de reconstrução de um amor-próprio e libertação de um relacionamento abusivo juntamente com um descobrir e aprender de uma nova forma de amor.

Ressignificar que o amor não seca flores, ele nutre e faz florescer lenta e gradualmente. Explorando uma curadoria de fragmentos do livro “All about love” da bell hooks, as narrativas traduzem e dialogam diretamente com ambos os processos contemplados no trabalho: fotografia e videoperformance. 

Um trabalho que acompanha um desenvolvimento de ambos processos: de construção de um amor que contesta a dominação patriarcal e as posições de gêneros e assim conversa diretamente com o processo como construção de trabalho artístico; e também de um processo de passagem de tempo de vida, como um trabalho que acompanha as fases pessoais que me constituem como pessoa e como mulher. 

  • Instagram Black Round
  • Facebook Black Round
  • Pinterest Social Icon
  • SoundCloud Social Icon
  • YouTube Social  Icon

© 2016 por DORA O. NASPOLINI. Orgulhosamente criado com Wix.com